29 abril 2007

Saudações felinas...


Olá!
O meu nome é Cat... Cat in the Hat!

E estou aqui para vos contar as Histórias do AR-tur.

E perguntam vocês: "Quem é o AR-tur?"

E respondo eu: "O AR-tur é um Artista de Rua. Mas não é um artista qualquer, ele é um Homem Estátua.
Todos os dias o vejo por baixo da minha janela.
Eu vivo na oliveira que fica no centro do Largo da Igreja e, todos os dias, o AR-tur chega pela manhã, monta o seu palco, e depois de alguns exercícios fisicos, imobiliza-se e fica ali.
O AR-tur vê tudo o que se passa no Largo da Igreja, tudo se move à sua volta, as horas correm, cheias de vida mas ele permanece imóvel.

Mas nem sempre foi assim... o AR-tur não foi sempre Homem Estátua.
Ele já correu ao ritmo das horas que passam.
Ele foi um menino como os outros.. foi à escola, jogou à bola, brincou tudo o que tinha que brincar.
Depois cresceu.
Estudou, divertiu-se e fez-se homem.
Um jovem homem como tantos outros. Trabalhava num escritório todos os dias da semana... e durante todo o dia. À noitinha regressava a casa... e preparava tudo para no dia seguinte regressar ao escritório.

Mas o AR-tur queria mais... queria ter tempo para ver, cheirar e olhar o mundo que o rodeava.

É a história do AR-tur que vos vou contar aqui, neste recanto da blogosfera.
Mas não só.
Por aqui aqui vão desfilar também os pensamentos deste vosso amigo...

Vê-se muita coisa do cimo da minha oliveira... e ouve-se muita coisa também.

Para já deixo aqui as minhas saudações felinas a todos quantos se deram ao trabalho de ler estas minhas primeiras linhas.

Espero que voltem em breve!

3 comentários:

Castronauta disse...

Este homem estatua parece mexer-se muito

Cat in the Hat disse...

ele é homem-estátua, mas ainda não é de pedra... ;)

Welcome Sr. Castrini :D

Orquidea disse...

Estou curiosa... Vou voltar ;)

p.s._ olha, não podes dizer "a curiosidade matou o gato", certo?